Blog Notícias em Destaque

Notícias/Notícias de Petrolina

Morre o locutor Erivaldo Oliveira; corpo deve ser velado na Associação do bairro São Gonçalo, em Petrolina-PE

Ery, como era comumente pronunciado, lutava contra a LMA (Leucemia Mieloide Aguda) desde 2020

Morre o locutor Erivaldo Oliveira; corpo deve ser velado na Associação do bairro São Gonçalo, em Petrolina-PE
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Morreu na capital pernambucana, Recife, às 19h00 deste último sábado (30), o locutor Erivaldo de Jesus Oliveira vítima de uma LMA (Leucemia Mieloide Aguda). Ery, como era comumente pronunciado, lutava contra a LMA desde 2020 e a doença atualmente estava no seu pior estágio. A leucemia é uma doença que acomete a medula óssea e acaba matando as células do sangue, o que reduz as plaquetas e glóbulos brancos. 

Natural de Feira de Santana-BA, Erivaldo chegou a Petrolina-PE com sua família quando tinha apenas 14 anos. Se alojaram em uma casa abandonada na rua 36 do bairro São Gonçalo. A casa que antes era abandonada e que alojava moradores de rua e pessoas de má fé, agora tinha uma família que realmente queria fincar raízes. Com a limpeza do local e reestruturação, os vizinhos se alegraram e começaram a ajudá-los, com a intenção de mantê-los no local. Foi ai que ele morou por 19 anos.

Em junho de 2020, em meio aos preparativos para a vinda do seu primeiro filho ao mundo, Erivaldo se queixa de manchas roxas e fraqueza corporal. Os primeiros exames laboratoriais indicam queda no número de plaquetas, o que seria um indicativo de leucemia. Com sua esposa já no hospital para ter filho, Erivaldo recebe o resultado dos exames que atesta Leucemia Mieloide Aguda. Ele recebe a pior e melhor notícia da vida vida num período de 3 dias. É diagnosticado com câncer e recebe a noticia do nascimento do seu filho Jonas.

Ai inicia uma batalha para conseguir transferência do mesmo para Recife, onde conseguiria melhor tratar sua doença. Durante dois anos e 4 meses de tratamento, Erivaldo viveu mais tempo na capital pernambucana do que na cidade onde residia. Em janeiro desse ano teve uma significativa melhora após receber o transplante de medula vinda de sua irmã e doadora, porém, não foi por muito tempo. Logo os efeitos adversos do transplante começaram a afetá-lo.

Erivaldo tinha 33 anos, era casado e pai por apenas 2 anos e 3 meses. Conhecido por seus trabalhos de locução e programa de rádio, lotado por 5 anos na Rádio Tabajara FM, muito conhecido na cidade de Petrolina-PE, sobre tudo na zona oeste da cidade, por seus trabalhos de divulgação na Avenida do bairro São Gonçalo. Fez muitos amigos em todos lugares onde passara. Além de ser conhecido pelo seu nome, também era apelidado de Parrudo, Ar e Erin.

O velório deve acontecer na Associação de Moradores do bairro São Gonçalo, em Petrolina-PE. O corpo chegou a cidade às 05h00 e deve ser velado a partir das 16h00 na rua 35 da comunidade.

Com informações: Jornal Pernambucano

O conteúdo do Blog Notícias em Destaque é aberto e pode ser reproduzido por terceiros desde que a fonte seja citada.

Siga nossas redes sociais:

WhatsApp, Facebook e Instagram

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!